Vou descansar a carola!
Vou passar o fim de semana no campo...sem internet,televisão e telefone.
Hum,pensando melhor vou levar o telélé.Nunca se sabe.Posso fartar-me de bater com a cabeça nas paredes.


Quando soube que tinha esta doença nunca baixou os braços.Nem os tratamentos impediram-no de continuar a trabalhar.Os médicos deram-lhe três meses de vida,mas ele recusou esta sentença,continuou a trabalhar,e encontrou forças para terminar "A Verdadeira Treta" como actor.
Conseguiu manter a coragem até ao fim para lutar contra a doença que o "devorava" dizendo:
-"Não tenho medo da morte!"

P.S.Foi para mim e para milhares de pessoas que sofrem com esta doença,um exemplo de coragem,força e determinação.
Acabou por ser vencido...mas ele próprio venceu a quantidade e qualidade de tempo que lhe restou!!
Obrigada por ter lutado sempre de cabeça erguida.
E,é assim que vou lembrar-me sempre de si,a ver "A Conversa da Treta",acompanhada de uma boas gargalhadas.
Mas,hoje quando vi esta noticía,o que me acompanhou foram muitas lágrimas!!


É um romance em que uma estudante de medicina sofre um acidente de carro,entra em coma e vai parar no mesmo hospital onde trabalha.Ela consegue espiritualmente regressar ao apartamento onde vivia.Lá encontra o novo inquilino,que é a única pessoa que consegue vê-la,ouvi-la e senti-la.
Ele começa por recusar acreditar na história dela...
Adorei o livro.Nunca vi o filme.
Achei que era um bom livro para desanuviar a cabeça,e acertei em cheio.
Como comprei a edição pocket,conseguia levá-lo mais facilmente para todo o lado.
É de uma leitura viciante,estive a lê-lo até bem tarde para saber como terminava.E,quando terminei fiquei triste.Apetecia-me que havesse mais qualquer coisinha...
Não consegui resistir a deixar aqui um pequeno texto que li várias vezes:
"Cada manhã,ao acordar,somos creditados com 86400 segundos de vida,e quando adormecemos á noite não há transferência dos que sobraram para o dia seguinte,o que não foi vivido durante o dia fica perdido,ontem acabou de passar.Cada manhã essa magia,recomeça,somos de novo creditados com 86400 segundos de vida,e jogamos com essa regra incontornável:o banco pode fechar a nossa conta seja a que momento for,sem nenhum pré-aviso;a qualquer momento a vida pode parar.Então que fazemos nós dos nossos 86400 segundos quotidianos?"

P.S.Os meus 86400 seg. passaram a ser muito melhor aproveitados de há alguns anos para cá.Tento fazer aquilo que gosto,mas,sobretudo não fazer o que quer que seja que não gosto.Ás vezes é complicado...


Raramente saio de casa á noite.Tenho a minha rotina,que começa por volta das 20h,com uma caminhada de 45min.perto da praia.
Chego a casa,normalmente 1h depois,tomo um banho e a seguir janto(qualquer coisa levezinha!).Depois disto tudo começo a sentir o meu corpo a"pedir" descanso.
Mas,ontem como consegui ír fazer a caminhada mais cedo(estava um ventinho fresquinho),decidimos ír passear até à zona ribeirinha.
Até,porque queria ír à feira do livro e visitar a exposição "World Press Photo",que se encontram naquela zona.
Começamos pela exposição de fotografia.Para mim foi uma desilusão,porque as únicas fotografias que gostei,e que para mim mereciam o prémio eram só as da natureza.
A feira do livro que fica no lado oposto estava a abarrotar de gente.Acho que agora é chique irmos á feira do livro.Que irritação, as pessoas ficarem na conversa a ocupar os corredores...enfim.
No meio daquela confusão toda,já estava pronta para saír de lá para fora,quando os meus olhos depararam-se com um livro que não sabia da sua existência(dum médico que já haviam falado).Peguei no livro,o Jp noutro e...surpresa.Fila para pagar!!
Ai,como eu não estou já habituada a este tipo de confusões.Nem paciência.
É que isto de viver no Algarve,também tem algumas desvantagens.Pouquinhas,mas tem!!


Quando perguntam-me se quero fazer a reconstrução da mama,a minha resposta é sempre:
-Não sei,não faço ideia ou ainda não pensei muito no assunto.
O ano passado antes de saber que iria fazer quimioterapia novamente,queria fazer.
A partir daí,tudo mudou.E,agora não sei.
Só sei que qual for a minha decisão,só depende da minha vontade.Não é a opinião dos outros que conta(neste caso,não è),namorado,amigos,família.
Isto vem a propósito da reconstrução mamária de uma amiga.
Conheci-a quando fiz a 1ªquimio,e a partir daí nunca mais nos largamos.Ela é estrangeira,e vive cá sozinha.
Sempre disse que primeiro, gostaria de fazer cá em Portugal a reconstrução depois regressaria ao seu país.Eu,percebo.Afinal ela passou por toda a situação do cancro no nosso país.E,tinha muita confiança nos médicos.Só que este tipo de cirurgia ainda não se faz no hospital onde fazemos os tratamentos.
No caso dela não correu bem.
Também sei que por vezes isso acontece.O que me entristeceu foi a atitude do médico.Se aquilo estava infectado,porquê que não queria tirar??A resposta era sempre a mesma:
-Em trinta anos de cirurgia nunca havia tido um caso que corresse mal!!
Ok,era o primeiro.E,então por isso não fazia nada??
Se não fosse outro médico intervir,a situação complicava-se e muito!
Porque,além de febres altissímas,a cor esverdeada,as dores e o mal estar,ainda teve que "pedinchar"para tirarem-lhe tudo dali para fora.
Hoje fui levá-la novamente ao hospital para tirar os pontos.Custa-me imenso ver uma pessoa sofrer,e ainda por cima o médico estar mais preocupado com os 30 anos de carreira,do que a vida de uma paciente!!??
Sei que a maioria dos casos correm bem.
Eu,continuo com a minha opinião.Nunca digo,nunca.
Mas agora quero é descanso de picadelas,médicos e hospitais!!


Adoro o meu verniz novo!É uma cor de verão...muito pink.
Logo pela manhã fui á ervanária comprar iogurtes(os que consumo não existem nas grandes superfícies onde faço as compras),e como passei junto ao cabeleireiro onde a minha madrinha trabalha,fui visitá-la.
Como aquela hora não estavam muitas pessoas,resolvi pôr um verniz tchan.E,de seguida achei boa ideia cortar o cabelo.
Ah,que maravilha!Soa-me tão bem.
Ìr ao cabeleireiro...quem passou por esta situaçao sabe o que sentimos.È,que apesar de não ser o mais importante...para qualquer mulher não deixa de o ser!E.digo para as mulheres,porque acho que para os homens seja diferente(cá em casa o JP rapa o cabelo).
De vez em quando gosto de fazer isto,quando não existem marcações na agenda... saír de casa e não ter hora para voltar!!


De manhã aproveitamos para descansar.
Nada de despertador.
Como esteve muito calor ontem á noite,e não conseguiamos dormir,decidimos ficar escarrapachados na varanda até ás tantas.
A mummy convidou-nos para irmos almoçar com ela.Fez um arroz de pato delicioso!
A seguir rumamos até ao campo.Adoro lá estar!
Que paz,nada de barulhos,de carros,de vizinhos,etc.,etc.
Ah,e ainda tivemos direito a uns bons mergulhinhos!!

A pedido da Carolien,deixo-vos aqui o seu site:
http://www.carolienvanleusden.com/
Lá podem espreitar o livro que falei,onde podem comprá-lo e uma percentagem reverte para a Associação Oncológica do Algarve.


"Há seis meses atrás vim a saber que,pela terceira vez,tinha cancro.Desta vez,eram metásteses.Para enfrentar esta doença,segui um caminho que para mim parecia ser o mais acertado.Não segui este caminho sozinha.Tive todo o apoio do amor de Deus,assim como de todas as pessoas á minha volta.Sem estes teria sido uma viagem solitária.
Ondas de informações e emoções vinham ao meu encontro.Uma escolha consciente permitiu-me definir o meu próprio trajecto e ainda hoje estou viva."

Conheci pessoalmente a autora deste livro na Mamaratona(out.2009),a fazer voluntariado,quando eu nesta altura estava a fazer quimioterapia.
Ela escreveu-o durante o ano de 2008,onde conta como conseguiu com a medicina tradicional,métodos alternativos e espirituais escolher o seu caminho para a vitória.
Quando a conheci já havia lido o seu livro,aliás li-o na mesma tarde em que emprestaram-mo.A leitura era viciante.
Na semana seguinte,uns amigos que temos em comum,ofereceram-me um exemplar autografado.
Durante o tempo que falamos naquele dia,teve sempre um sorriso no rosto que fazia inveja a muita gente.Deu-me imensa força para seguir em frente.Estava feliz.Eu adorei-a.
Há mais ou menos dois meses atrás,comecei a ouvir uns comentários que ela ia voltar a fazer quimio.Fiquei preocupada,mas,tenho consciência que pode acontecer a qualquer uma de nós.
Tive o prazer de reencontrá-la no seminário sobre terapias complementares em oncologia.Nesta altura já não tinha cabelo,mas continuava com o mesmo sorriso.
Falamos um pouco,trocamos e-mails e combinamos encontrar-nos.
Como faz tratamentos todas as semanas(ás terças) e nos dias seguintes não gosta de estar com ninguém,concordamos em falarmos um pouco hoje de manhã.
Fui até Lagos,cidade onde ela vive com os filhos e o marido(casou-se na semana passada)e tivemos uma conversa muito interessante.
Desde a alimentação,exercício físico,suplementos alimentares,meditação.Tudo aquilo que nos vinha á cabeça nós falávamos sem receios ou culpas.Trata-se,sobretudo daquilo que achamos ser o melhor para nós.
E,sempre com o tal sorriso estampado no rosto.
Obrigada Carolien,e agora é a minha vez de retribuir-lhe o gesto que teve para comigo,quando autografou o seu livro:

Para Carolien,
Força,coragem
e fé no seu
caminho!

Beijinhos
Sonia


A vida é cheia de términos e novos começos

A cada curva há algo que nos desafia,

seja o novo ,formidável,ou simplesmente o familiar.

O que para uns é uma montanha intransponível,

para outros um desafio a vencer.

O que se torna sombrio para alguns

ainda permanece iluminado para outros.

Os optimistas vêem o caminho á frente,

os pessimistas ficam tão ocupados

em olhar para trás que não conseguem

ver a solução bem diante deles.

Se ficarmos segurando a corda

que nos arrasta para trás

não teremos mãos livres

para agarrar a corda que nos

puxa para a frente.


(Desconheço o autor)


Depois do que dormi durante todo o dia,já esperava por isto.Já aconteceu noutros tratamentos.Custa-me imenso,ando ás voltas na cama,vêm á cabeça aqueles pensamentos que não gosto de ter.Enfim,isto são horas de dormir e não andar feita zombie pela casa!
Há bocado estava a pensar:
-E,se me vestisse e fosse dar uma volta?De certeza encontrava alguém conhecido,numa festa qualquer,é o que há mais por aqui nesta altura do ano.Mas,também não é isto que apetece-me...
Depois de dormir no hospital,cheguei a casa por volta das 15:30 e toca a dormir outra vez,acordei por volta das 20h,o que é que estava á espera??
Ainda,achei que era boa ideia ír fazer uma caminhada para ficar cansada e dormir bem!!
Pois,realmente fiquei mais cansada do que já estava,apesar de ter feito metade do percurso que faço normalmente.
Então e o sono,onde é que ele anda??
Já fiz uma sessão de reiki a mim própria,mas népia...avizinha-se uma sexta-feira de mau humor e rabugenta!!



Cada vez que faço o herceptin,acontece-me isto...só apetece-me dormir!!
Durmo durante o tratamento(excepto quando o tel.toca),e quando chego a casa,venho com uma pedrada,que normalmente durmo a tarde toda.
O inconveniente disto é que durante a noite,não há sono.Também pudera!
Ah,é sono e fome.Mas como já sei que isto acontece,nestas alturas tento não comprar nada menos saudável.Porque o que me apetece mesmo são"porcarias",que em dias normais não como.Que raiva,parece que estou com TPM,e se há coisa que não tenho saudades,esta é uma delas.Bem,vou ali e já venho.


Andei o dia todo a digerir a reunião de ontem.Existem certas situações que não consigo fazer com que me passem ao lado.Principalmente quando me vão ao bolso!
Ontem,tive uma surpresa desagradável!
Tenho uns vizinhos que resolveram deixar de pagar a conta do condomínio.Foi mesmo deixar de pagar.Acho que lhes apeteceu.Porque nenhum deles perdeu o emprego,ou outra coisa do género.Continuam a fazer uma vida boa sem restrições.Ora,eu sou pessoa para quando as pessoas precisam de ajuda,ajudar da maneira que puder.
Mas,nesta situação fiquei furiosa.
Chegamos á conclusão,eu e os outros condóminos,de que não há dinheiro para fazer frente ás despesas,e,principalmente para pagarmos a um advogado.De alguma forma,os faltosos vão pagar,mas nós(aqueles que pagamos)é que vamos entrar com o dinheiro no ínicio.
Não é justo.Eu também não trabalho já algum tempo,e não é por essa razão que deixo de pagar as minhas contas!
E,pior nós termos que pagar,enquanto eles continuam na vidinha deles,como se nada se passasse.Ai,que raiva...
O que vale,é que a companhia pró almoço foi muito agradável,e durante a tarde fiz uma sessão de reiki para acalmar.
Parece que fez efeito,e espero dormir melhor,porque amanhã é dia de tratamento.


Tive acunpuctura de manhã!Aquelas agulhinhas que tanto gosto(são as únicas),e que tanto tem me ajudado.A ficar mais relaxada,a dormir melhor e sobretudo a ter forças para continuar em frente!
Bem preciso de relaxar...mais logo vou á reunião de condomínio!
Se acontecer o mesmo que na última,dá-me um treco.
Não apareceu ninguém,e tiveram que adiar.Juro,que se não for,pelo mais uma pessoa,venho tocar á campaínha de um(a) vizinho(a) e levo-o(a) comigo.
Chateia-me esta falta de sensatez!


Pensei que íria ser um dia difícil!
A manhã até correu bem.Gosto de ver a "coisa" pela positiva!
Decidi-me por começar o dia na segurança social.Como agora não apetece-me andar a correr por nada,cheguei lá por volta das 10h15m,e quando tirei a senha verifiquei que SÓ tinha 36 pessoas á minha frente.
Optei por ír nesse tempo ao banco,e assim não stressar por estar tanto tempo á espera.
No banco correu bem,despachei-me rápido,e quando voltei á seg.social já estava quase na minha vez!
Não me apetecia nada fazer comida...solução para isto;
-passar no rest.vegetariano e comprar o almoço(tb não sujei a cozinha,eheh)
Durante o almoço,ouvi musiquinha zen!!
Assim,só tenho que saír de casa para passar no hospital e levantar a receita dos comprimidos que tenho de tomar durante 5 anos.
Ah,e levar a receita que o médico passou na semana passada,como saí de lá faminta nem me lembrei de pedir para colocarem a vinheta!!
Espero que na parte da tarde,tb corra tudo muito bem e sem stresses!!




Fartei-me de trabalhar!!
Trabalhar pró bronze,eheheh!
Decidi apanhar sol.Por vezes aborreço-me a ír até á praia.Como só levo 5 min. a lá chegar,se vivesse longe,talvez não me importasse tanto.
Mas,normalmente a água está fria,e,ficar lá a esturricar ao sol não é comigo.
Assim,hoje fui até á piscina de uns amigos.E, tem uma vantagem em relação á praia...
não existe areia!Detesto areia,então quando está ondas,e levo areia em todo o lado para casa.
No ínicio,achei a água fria,mas depois não apetecia era saír de lá!
Foi uma tarde muito bem passada!
Pois,esta semana para variar,vou estar ocupadérrima!!
Amanhã,não sei se hei-de começar pela seg.social,hospital ou banco!??
Huummm,amanhã decido...




Palavras para quê??
Adorei este sítio.Já algum tempo,que andavamos a pensar lá ír.Como o JP ía a Loulé,pensamos em dar um saltinho a Tavira e visitar o Pego do Inferno!
Nesta altura do ano,já contávamos encontrar lá muitas pessoas.E,tinhamos razão.Estava cheio de gente,e a maioria eram espanhóis.Também com a barulheira que eles fazem,é difícil não darmos por eles.
É um local ideal para passar um dia maravilhoso...mas não nesta altura do ano!
Talvez em Setembro combinamos com amigos,e,claro levamos as geleiras com comidinha e água fresca!!


Dediquei-me ás limpezas!
Havia outras coisas para fazer...mas o que apetecia-me mesmo,era limpar e esfregar!!
E,antes que o "apetite" fosse embora,peguei no aspirador,nos panos,e toca a desarrumar,limpar e voltar a arrumar!
Que dia cansativo!
Nestas ocasiões gosto que a casa seja relativamente pequena.
Espero que não me volte a dar estes "apetites" tão cedo,porque...estou estoirada!!!







"Em Outubro de 2007 foi-me diagnosticado cancro da mama.A partir daí a minha vida deu uma volta de 180º.Não acreditava que aquilo estava a acontecer-me,e,passava-me tudo pela cabeça; -vou morrer? Foi uma pergunta que fiz a mim mesma.
A palavra cancro tem ainda uma grande conotação de morte.E os profissionais de saúde que têm que nos dar estas notícias,nem sempre conseguem fazê-lo da melhor forma.
Comecei por fazer quimioterapia para o nódulo diminuir,a seguir fiz mastectomia,e por último a radioterapia."

E,foi assim que iniciei o meu testemunho.
Quis transmitir ás pessoas que tal como eu,que passaram ou estão a passar por este problema de saúde,é possível vivermos com alguma qualidade de vida.Mesmo durante os tratamentos.
Não é fácil,mas é possível!
Ninguém é mais responsável pela nossa saúde,do que nós próprios!
Penso que consegui passar a todos os doentes uma mensagem de força e sobretudo de esperança!

Existe uma frase que faz parte da minha vida:
"Os vencedores não são aqueles que sempre ganham,
mas,sim aqueles que nunca deixam de lutar!!"


Foi,assim que terminei-o.

Sei que foi criticado por alguns.Mas,se tivesse que fazê-lo novamente,faria tudo igual!
Não tirava nem acrescentava sequer uma vírgula.


Hoje,já sinto-me mais calma!!
Foram uns dias stressantes.A semana passada foi alucinante,e por mais que não quisesse ficar ansiosa era me impossível!
Esta semana só tinha "porcarias" para resolver,e estava a começar a ficar preocupada comigo.Pois,nem mesmo com o reiki conseguia acalmar.
Hoje de manhã fui ás compras com a mummy,e na parte da tarde tive consulta na AOA.Quando existe um bichinho a remoer ali dentro,goste que saia dali o mais rápido possível!!
E,é o que normalmente acontece.
Se não é á primeira tentativa,é á segunda,porque eu gosto de tudo bem resolvidinho dentro desta carola!!!


A manhã foi passada na consulta externa do hospital!!
Cheguei a casa para almoçar ás 3h!Cheguei lá por volta das 8:15,fiz a inscrição e disseram-me que tinha 7 pessoas á minha frente.Não estava á espera de saír cedo...mas
a esta hora nunca passou-me tal coisa pela cabeça!Alguém tirou o meu processo que estava junto aos outros e colocou-o noutra secretária.Resumindo,se não tivesse ido perguntar á auxiliar o que se passava ainda lá estava.
Haja paciência!!
Ainda por cima,levo sempre um livro ou o ipod,mas hoje tinha cá um feeling que saía cedo!
Fico danada na altura,mas como o médico era super simpático e pediu-me desculpas(ele tb não tinha culpa),e avisou-me que na próxima consulta posso ír comer sem problemas!
Haja alguém que compreenda que não é fácil estar com o c* sentado numa cadeira 6h e tal,e,sem comer!
Mas,no fim o meu desejo é sempre o mesmo:
-Que os exames estejam todos BEM!!

De manhã apanhei uma seca nos correios.E,isto tudo porque na sexta-feira não estava em casa,quando o carteiro passou por cá.Antes,que me arrependesse,lá fui eu alombar uma horita,para receber uma m**** de resposta da seguradora.
Quando deixei de trabalhar,resolvi accionar os seguros que tinha feito quando comprei a casa e carro.Mas,isto corre sempre bem,quando todos os meses sacam-nos o dinheiro da nossa conta.Quando a "coisa" não nos corre bem,e achamos que os seguros servem para nos ajudar quando estamos em apuros...puro engano!!
As seguradoras existem para nos sacarem o dinheiro e depois dão-nos um chuto no c*!!!



De mim,já não levam nada!!!


Finalmente chegou o dia tão esperado.
Por vários motivos,e o mais importante era,que tinha sido convidada para dar o meu testemunho.E,aceitei.Confrontei um dos meus medos.Falar em público!!Sinto-me sempre muito nervosa e ainda por cima falar sobre o cancro,não foi fácil,mas acho que consegui transmitir a mensagem que achei importante.
O que quis transmitir foi principalmente,uma mensagem de esperança,a todos aqueles que lutam contra esta doença,os tratamentos complementares que havia feito e alguns continuo a fazer,e que aliviam bastante os efeitos secundários dos tratamentos hospitalares.
Percebi que o Dr.Matias não gostou(ou não percebeu),quando disse que não tive qualquer acompanhamento a nível nutricional no hospital.É verdade,pois quando comecei a 1ªquimioterapia deram-me no hospital de dia,um "livrinho",onde diz:
Preferir:
-iogurte,queijo,batidos de leite magro
-carnes magras....etc.
-comer legumes cozidos,sopa e caldos
-comer pudim,bolo inglês e queques.
Não entendo onde está a ajuda.
Realmente não frisei que tinha lido o livro ,o "Anticancro",e onde aprendi muito,sobre a alimentação do doente com esta doença.

O Dr.Matias não é meu médico,tive o prazer de conhecê-lo na sala da quimioterapia quando vai visitar os doentes que lá estão.Tem feito muito pelo hospital de dia,foi director e agora faz voluntariado.Percebe-se que faz aquilo que gosta e não o faz por dinheiro.
Em relação ao seminário correu muito bem.Foi a primeira vez que se fez algo do género(pelo menos aqui,em Portimão),e ficou a promessa da AOA repetir.


Amanhã vou estar o dia todo no seminário,cujo o tema é "O cancro e terapias complementares".
Espero que corra tudo bem.
Estou um bocado nervosa,depois explico...

Que dia estranho!
Correu lindamente a picadela no cateter,quase nem senti.E,pela primeira vez não fiquei de seca á espera do resultado das análises e pirei-me de lá para fora.
Uma amiga foi buscar-me(como tenho a agulha no cateter não posso conduzir)e fomos ás compras!
O tratamento que fiz hoje não leva muito tempo,mas como encontrei lá uma amiga que recomeçou os tratamentos,pus-me na conversa e só vim almoçar por volta das 14:30, como tinha tomado o pequeno-almoço mais tarde estava bem!
Ás 17:00 fui fazer reiki com a pessoa que fiz o curso.
Estava mesmo a precisar...senti-me renovada.
A seguir fui conhecer uma rapariga(tb doente oncológica), que já tinham-me pedido para falar,mas ainda não tinha surgido uma oportunidade.
Gostei dela,mas achei-a muito em baixo!!
E,quando dei pelas horas eram 22h,e ainda não tinha jantado,aliás nem lanchei!
Ou,seja um dia completamente atípico...e muito cansativo!!


Amanhã lá vou eu outra vez ser picada.Ainda tenho a zona onde está o cateter tão sensível.

Com uma semana de intervalo,nem dá para descansar!!

Mas,como um tratamento é de 3 em 3 semanas e o outro é uma vez por mês,só de vez em quando consigo fazer os dois juntos.

E,é tão bom...depois estou duas semanas de férias!!!

Uma das coisas que não consigo gostar...seringas.


A reunião foi adiada por falta de condóminos.Porra.É,que quando saí de casa,os vizinhos estavam todos(ou quase todos) em casa a ver televisão.
E,assim alanquei com o rabo numa cadeira durante meia hora,e nada.Saí de lá danada.
Mas passou logo,assim que o JP lembrou-se que era boa ideia dar-mos uma volta pela praia e a seguir irmos beber um copo de vinho.
Ah,soube tão bem!!
Estava uma noite óptima e chegamos á hora de ver os holandeses a pular que nem loucos.
Ai,não.Era só mais uma vitória!!


Comecei o dia tão bem...fui até á cidade vizinha fazer acunpunctura.Adoro estar deitada com agulhas por todo o corpo e ouvir música zen.O meu corpo começa a relaxar e normalmente durmo.
Cheguei a casa e almocei.A seguir estive ao telefone com uma amiga a combinarmos o que íriamos fazer no sábado.
O dia será ocupado com o seminário!!
Entretanto liga-me outra amiga e depois a mummy.Ou,seja o tempo que tinha livre para descansar estive agarrada ao telefone.
Mais tarde,fomos ao supermercado...e a surpresa que tive ao saír de casa:
-Atenção reunião de condomínio dia 6 ás 20h.
Ainda fiquei a pensar que dia era hoje!!??
Detesto estas surpresas...agora,em vez de preparar-me para o passeio diário á beira-mar,toca a despachar-me para a reunião de condomínio.Socorroooooooooooo


Parece que toda a gente nas redondezas resolveu engravidar.Desde primas,amigas e vizinhas.
Vai haver concerteza congestionamento de carrinhos de bebé,quando todos tiverem nascido.
Não resisti a colocar esta imagem aqui(recebi por mail),porque uma amiga loira está grávida de gêmeos.
Sei que ela não tem dúvidas,sobre quem é o pai...do primeiro e do segundo. É,somente mais uma piada de loiras!!


"Quando eu tinha dois anos,o médico disse á minha mãe que eu era «atrasada».
Em bebé,a minha mãe notou que eu parecia estar sempre num mundo á parte.Consigo lembrar-me de estar deitada num berço,um cesto grande,e de ver a minha mãe debruçada sobre mim.À volta dela ,via seres maravilhosos e brilhantes,de todas as cores do arco-íris.Eram muito maiores do que eu mas mais pequenos do que ela,mais ou menos do tamanho de uma criança de três anos.Estes seres flutuavam no ar como penas e lembro-me de esticar as mãos para lhes tocar,mas nunca conseguia.A luz fantástica destas criaturas fascinava-me.Naquela época,não percebia que via coisas diferentes das outras pessoas.Foi apenas muito mais tarde que eles me disseram que eram anjos."

Este é o ínicio da história de vida de Lorna.Ela possui a capacidade comprovada de comunicar com anjos e espíritos,e assim consegue partilhar com todos nós mensagens de amor e de esperança.
Actualmente pessoas do mundo inteiro ,doentes e com problemas,procuram-na para serem curadas e consoladas.
Adorei esta autobiografia.
Este é daqueles livros que ao mesmo tempo,queremos que chegue ao fim...mas quando finalmente terminamos,temos imensa pena.
Fez-me sentir bem e mais confiante no futuro,e como ela diz:
"...todos temos almas perfeitas,independentemente do que tenhamos feito,e que os nossos corpos podem morrer,mas não as almas."


Lá estou eu outra vez com esta maldita neura.Fico sem paciência nenhuma.Nem para mim,nem para os outros.
Demasiado sensível,irritadiça.
Só apetece-me carregar num botãozinho e...puufff!!
Quem mandou dormir ontem o dia todo!??
Foi durante o tratamento,foi quando cheguei a casa ferrei outra vez...
Á noite não preguei olho,andei aí por casa tipo zombie a ver as horas passarem.
Tenho aquela sensação de ter estado na borga a noite toda!!
Se calhar não era nada má ideia...


CHBA COLABORA COM A ASSOCIAÇÃO ONCOLÓGICA DO ALGARVE – ORGANIZAÇÃO DO SEMINÁRIO “ TERAPIAS COMPLEMENTARES EM ONCOLOGIA”
Irá decorrer no próximo dia 10 de Julho, das 9h30 às 17h30, no Pequeno Auditório do Teatro Municipal de Portimão (TEMPO), um Seminário denominado “Terapias Complementares em Oncologia”. O certame conta com a organização da Associação Oncológica do Algarve, em colaboração com o Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio (CHBA, EPE) e o apoio da Junta de Freguesia de Portimão.
(retirado do site do HBA)


Só apetece-me dormir.Fico com uma moca a seguir ao herceptin,aliás,a seguir não...durante,já nem dou por ele.Quando põem as pré-medicações,fico logo ferrada,e costumo acordar quando já tá no fim.Assim parece que não custa tanto e o tempo passa mais rápido.É isso,que eu quero...nem dar pela passagem do tempo.Mas só nesta situação,de resto,adoro "saborear" todo o tempo livre que tenho.
Correu tudo muito bem,excepto no final que tive uma surpresa...tiveram que picar novamente no cateter. Acontece.Na altura fiquei chateada mas já passou.Ainda por cima,acho a enf.uma querida,e sei que foi por lapso.

100medodeviver

O 100medodeviver nasceu para mostrar a todas as pessoas com cancro que não é o fim ...mas,sim o príncipio de uma nova vida,com muitas emoções á mistura.
Não estar sempre a pensar na doença e fazer "coisas"que realmente adoro, é neste momento o meu lema de vida.
Aproveitar a vida a 100%.

Hoje é um dia maravilhoso porque eu decido que assim seja

O passado é passado e não se pode mudar.Este momento presente é o único que posso experimentar

Acerca de mim

A minha foto
Tenho 35 anos,vivo um dia de cada vez,desde outubro de 2007 quando foi me diagnosticado cancro da mama,mas eu quero vencer esta luta!!

Tudo o que somos é resultado do que pensamos.

eu tambem luto...

srborralho@hotmail.com

Obrigada Lina

Oferta da amiga Natália

Oferta da amiga Ana Camões

A minha menina

Seguidores


"Fomos feitos para sermos diferentes,portanto,não se culpe.Aceite e aprove o que você é."Louise L.Hay

As pétalas da flor de lótus abrem-se para o sol,como a nossa alma abre-se para a energia divina.

"Seja a mudança que você quer ver no mundo". Dalai Lama

"Aquele que nunca viu a tristeza,nunca reconhecerá a alegria."Khalil gibran

"A vida não exige das pessoas o que elas ainda não têm condições de dar."Zibia Gasparetto

"O rio atinge os seus objectivos,porque aprendeu a contornar obstáculos."

"Tudo o que somos é resultado do que pensamos."Buda

"A morte é a mudança completa de casa,sem mudança essencial da pessoa."Chico Xavier

"Não existe um caminho para a felicidade.A felicidade é o caminho"Mahatma Gandhi

"O que conduz o mundo é o espírito e não a inteligência".Antoine de Saint Exupery

No yoga,casa asana é um modo de estar para chegar a um modo de ser.

"O silêncio é a mãe da verdade."

A minha Lista de blogues


As imagens aqui publicadas são retiradas da net