Fui com uma amiga a Faro.Ela fez uma reconstrução mamária na semana passada, e hoje foi tirar os pontos e o dreno.
Como não havia ninguém que pudesse acompanhá-la(por volta das 15h),pediu-me a mim.
Ui,àquela hora tava um calor...daqueles que só apetece estar em casa bem fresquinha!!
Mas a viagem correu bem,sempre de ar condicionado ligado e pela auto-estrada.
A consulta era no novo hospital particular,e,assim não esperamos muito pelo médico.
Desconfio se fosse no público,a tarde era passada por lá!
Haja diferenças e pela positiva.
Amanhã lá vou eu apanhar mais umas picadelas...análises e tratamento.


Uma amiga convidou-me para ír á rua das lojas.
Achei boa ideia,pois sabia que algumas lojas já estavam em saldos.Uma boa oportunidade para comprar um vestido.
Isso é o que eu pensava.Desisti depois de experimentar alguns...ou ficava tipo "saco de batatas" ou o padrão era horrível,ou as alças eram muito finas.
Lembrei-me do primeiro Verão em que comecei a usar a prótese.Não conseguia encontrar nada para vestir(fartei-me de dar roupa nessa altura)e ficava triste.
Mais tarde comecei a ver a situação doutra forma,e,o mais importante é EU estar por cá.Com mais roupa ou menos,isso é o que menos importa!!
Como não gastei um tusto,a seguir fomos almoçar e pôr a conversa em dia...
Gosto de ver as coisas pelo lado positivo.
Nem sempre é fácil.Mas gosto de pelo menos tentar.


Hoje,pela primeira vez tive uma consulta online.Estava um pouco apreensiva,pois gosto de estar na presença do médico e olhá-lo nos olhos enquanto conversamos.Mas,desta vez achei que tinha toda a lógica.
Na semana passada quando tive consulta em Lisboa,a Dra aconselhou-me a ter uma consulta de nutrição.Ora o consultório principal dela e o resto da equipa estão no Porto.
E,como eu não faço viagens longas sozinha(o JP não pode ír sempre comigo)achei que desta vez seria boa ideia a dita consulta online.Gostei.Achei bastante práctico.
È um pouco "carote"mas se tiver em atenção que não foi preciso saír de casa(não gastei nem mais um eurozinho)até foi um valor razoável.

Há uns tempos atrás,achava que tinha uma boa alimentação,depois comecei a aperceber-me que depois de todos os tratamentos que fiz era um pouco "deficiente".Então comecei a utilizar suplementos vítamínicos,com aconselhamento médico,claro!!
Preciso ter muito mais cuidado com aquilo que como do que antigamente,aliás toda a gente,e sobretudo começarmos a ter o hábito de vermos muito bem no rótulo,aquelas letras pequeninas que tão bem escondem "ingredientes" bastante duvidosos.
E,hoje consegui tirar mais algumas dúvidas que tinha,e para minha felicidade posso acrescentar algumas "coisas" que tinha retirado completamente da minha cozinha,yyuuppii!!!


Pois é.Hoje dava-me cá um jeitaço.Além de não ouvir o JP resmungar por ter de ír ao supermercado buscar água,ainda ficava com um cartãozinho para fazer uns quantos devaneios.
Há dias(depois de estar a manhã toda na cozinha)que preciso de muuuiiitttaaa paciência!!


Mais um dia muito bem passado.Fui ao zoomarine com uma amigas.Ontem,pensei que não era boa ideia porque na segunda-feira fiquei mais bronzeada do que esperava.
Mas afinal o tempo surpreendeu-nos e estava óptimo para andarmos por lá.
Assim pró nublado.
Correu tudo lindamente.Aliás o parque é muito bonito e tem shows e diversões para todos os gostos.
Para mim,que já não ía há algum tempo,havia muitas novidades.Adorei o cinema 4D e os aqualocos,e claro os golfinhos,leões marinhos,araras,aves de rapina e carrosséis.
Fiquei com vontade de ír novamente.
Quando o JP quiser ír pode contar comigo como companhia.
Como ainda não foi,acho que ia divertir-se.


Tou com vontade de ficar na sorna.
Mas,quem mandou levantar-me ás 6h da manhã??Fiz a lista das compras para ír ao supermercado,e se tivesse algum aberto àquela hora...tinha dado cá um jeitaço.Assim esperei pelas 9h,fiz as compras sem stresses e de seguida fui buscar uma amiga que estava internada no hospital.
Ainda há gente a falar mal dos hospitais públicos,ela estava num particular e para saír de lá foi uma confusão.Primeiro era preciso levantar papéis na recepção e depois já não era preciso...enfim.Haja paciência!!
Agora que acalmei e bebi um cházinho vou mas é dormir e recuperar energias.


É uma medicina recente que conjuga eficazmente a medicina ocidental moderna,dita convencional,com as restantes chamadas complementares e alternativas.

Nunca tinha ouvido falar nesta medicina.Foi-me recomendada uma consulta por uma pessoa de grande confiança.
Estive na consulta ontem,onde realmente foi-me questionado tudo,desde a alimentação,a medicação,o exercício físico,literatura... o que fazia nos"intervalos" das idas ao hospital.E,o que tinha acontecido nos dois ou três anos anteriores á doença?!
Ou seja,foi mais ou menos como se tivesse tido consulta de oncologia,nutrição,psicologia...
Gostei,mas durante a viagem para casa lembrei-me de tantas perguntas que gostaria de ter feito.Porquê que não fiz a minha lista(de dúvidas)que normalmente faço,antes duma consulta??Sei que o meu cérebro,devido a tantas quimioterapias já não funciona como antes.Então,criei este hábito de fazer listas para tudo.Mas,ontem esqueci-me,ups!!
Se a consulta não fosse um pouco cara...lá ia eu outra vez!Assim vou esperar pelos 3 meses recomendados pela Dra.

Gostei desta definição:
" Uma medicina que contemple a essência do ser humano
Na sua conceituação de saúde, a Organização Mundial de Saúde começa a introduzir a ideia de espiritualidade, como um nos factores determinantes do estado de conforto e bem-estar humano, ao lado das componentes física, mental e social. O Dr. Kazuhiko Atsumi, professor honorário da Universidade de Tóquio e um dos apologistas da medicina integrativa, diz numa das suas obras: “Confrontamo-nos com a questão da espiritualidade, da alma do indivíduo. Donde viemos? Para onde vamos? Qual a razão da nossa existência? Quero acreditar que, quando elucidarmos estas dúvidas, o significado da doença será esclarecido.” Também nos círculos médicos, emerge um movimento que pretende rever o exclusivismo da medicina ocidental moderna e alcança dimensões mundiais a nova corrente da diversidade proposta pela medicina integrativa, trazendo na vanguarda uma abordagem terapêutica com raízes naquilo que é a essência do homem: a sua espiritualidade. Com o gradual avanço desta nova abordagem integrativa, é de se prever que haja um debate profundo com vista à criação de um sistema médico mais humano, que contemple as necessidades dos pacientes e adentre no território da alma e do próprio modo de estarmos no mundo."

(retirado do site moaportugal.org)


Tenho saudades de mim mesma...
Daquilo que fui,e já não sou...
Ser uma pessoa saudável,e não estar sempre a pensar,se posso fazer,ou não.
Porque isto,porque aquilo,se faz mal,se faz bem...
Apanhar sol,mas primeiro sem protector e depois com...muito cuidado.
Comprar roupa e ter sempre o cuidado com as camisolas... decotes e alças muito finas não se recomenda.
E,principalmente deixar de levar com picadelas a torto e a direito(para quem tinha pânico de fazer análises),quimioterapias,radioterapias e afins.
Eu quero ser LIVRE,e puder fazer o que me apetecer...

Depois de um dia maravilhoso...tive uma noite de cão!!
Como o cansaço era tanto,depois do banho,jantei e resolvi deitar-me cedo.Além,de que o livro que ando a ler é tão interessante que nem apetece-me largá-lo.
Por volta da uma da manhã,acordei com o barulho do vizinho de cima,que achou(como muitas vezes),que era a hora certa para ír passear o cão.Tentei dormir novamente,mas o sono tinha ido definitivamente embora,e,não queria nada comigo.Resolvi ír dar uma voltinha á varanda e esperar pelo pindérico que acordou-me e perguntar-lhe se achava que eram horas decentes para fazer barulho??!!
Surpresa!!!Eram,sim senhora.Aquelas horas são as normais para passear o cão(dito pelo meu vizinho de cima)ou seja,ele faz o barulho que quer,e á hora que quer.Porque aqui o problema é meu,ou melhor sou eu.Porque o pindérico,o filho da m**,disse-me na cara que era uma vizinha HIPERSENSÌVEl.
Realmente é preciso ter lata.


Foi um dia muito bem passado.O sítio é muito agradável e a companhia nem se fala.Combinei com umas amigas,irmos passar o dia no Slide&Splash,mas como o tempo no fim de semana esteve um pouco frio e ventoso pensamos que hoje também estivesse.
Redondamente enganadas,esteve um dia fantástico e ficamos enquanto o parque este aberto.
Em casa depois de uma boa banhufa é que reparei que fiquei bronzeadissima...tinha saudades desta minha cor de pele.


Como o tempo não estava bom para irmos á praia,lembrei-me dum sítio que queria visitar há já algum tempo.As fontes de Estombar.Azar,logo este fim de semana estão fechadas ao público.Só abrem por volta das 19h,com um festival de jazz.
Como não gosto muito desse género de música,vou esperar que termine para finalmente conhecer as fontes.
Temos por vezes sítios lindos perto de nós e ficamos amorfanhados em casa a ver televisão.Haja paciência!!
Não,não.Apetece-me laurear.

Levantei-me bem disposta.Fiz o pequeno almoço e fui sentar-me na varanda a apanhar sol.Desde que pus cadeiras lá fora,aproveito muito bem o sol na parte da manhã.
Convidaram-me para comer uma sardinhada.
Ai,ai,como eu gostooo é do Verão...


As férias do JP este ano irão ser assim!Como mudou de emprego não irá estar no mês de Agosto de papo pró ar.A vantagem de vivermos a 5min. da praia,é que mesmo a seguir ao trabalho pode ír dar um mergulho.Senão também posso arranjar-lhe uma boas férias virtuais,eheheh!!


Levantei-me com vontade de não fazer nada.Não estava triste,nem zangada,simplesmente não me apetecia fazer rigorosamente nada.
Acendi um incenso,pus uma musiquinha zen e...relaxei.
Optei por fazer uma sessão de reiki.A vantagem de ter tirado o curso,posso fazer a mim mesma.Não é a mesma coisa,claro,que prefiro que seja outra pessoa a fazê-lo,mas também nos deixa muito em paz.
Tenho algumas coisas apontadas na agenda para esta tarde,vou ver se isto passa.


Finalmente fui ver o filme.Apetecia-me ver algo do género.Faz-nos sonhar com o impossível...aquela viagem,aquelas roupas,sapatos,malas e sobretudo as conversas(demasiado fúteis) não existem no mundo real.Gostei.Sabe-me bem,de vez em quando ser transportada para um mundo bem diferente do meu.
Pena a sala não ser das melhores,a qualidade de imagem era péssima.




Já tinha saudades dos meus amigos de quatro patas.Ontem fui visitá-los!Ah,como soube bem...Eles são sempre tão verdadeiros.
Se gostam de nós,tudo bem,se não gostam não há volta a dar.Sinceridade acima de tudo.
Neste caso,mordidelas aima de tudo,eheheh!!
Como estava com uns calções e t-shirt,levei lambedelas nos braços e pernas que mais parecia que tinha ido dar um mergulho.


"Cancro.Que som estranho tem esta palavra.Parece que,quando palavras como tumor,maligno e cancro são proferidas,a luz do dia se torna obscurecida e as pessoas começam a falar em tom abafado.Não considero que ajam desta maneira tão estranha de forma intencional,mas fazem-no.Talvez seja pelo facto de a palavra obrigar as pessoas a reflectir na possibilidade de que poderiam ser elas a receber esse diagnóstico.Ou talvez seja porque morrem tantas pessoas de cancro todos os anos,que se associa a esta doença a sensação de impotência."

Quando comprei este livro(estava em promoção),jamais pensei que me emocionasse tanto.Este pequeno excerto,escolhi-o,devido á situação pela qual estou a passar,e,deixou-me sem reacção.Todos nós temos medo desta palavra.Muito medo.Até sermos confrontados com ela.E,a partir daí temos de ter a capacidade de falarmos e gritarmos sem medo a palavra que nos assusta tanto,CANCRO.Existem doenças terriveis no mundo inteiro,mas penso que esta seja,a que continua a ser mais difícil de conseguirmos sequer pronunciá-la.
O livro "fala-nos" sobre a vida,o amor e a morte,com o passar das gerações.
Baseia-se nas suas experiências espirituais com pessoas de todo o mundo e com os seus entes queridos que já faleceram.
Nunca tinha ouvido falar do autor,que,além de ser um médium conhecido internacionalmente,têm o seu próprio programa de televisão.


Sinto-me tão bem!!Existe uma pessoa com a capacidade de deixar-me assim...apetece-me voar!!
Levantei-me com "apetite" para fazer arrumações.Como ultimamente raramente apetece-me fazer tal coisa,resolvi atacar o quarto da tralha,que serve para pôr tudo e mais alguma coisa(escritório,roupa e tábua de passar a ferro).Ficou com bom aspecto,até parece maior,eheheh!!
Na parte da tarde fui buscar uma amiga que foi fazer tratamento e rumamos até uma sessão de reiki.
Mas,não é uma hora ou duas de reiki "normal".Esta senhora consegue aquilo que ninguém mais conseguiu comigo.No fim do tratamento apetece-me saltar,pular,rir,chorar,tanta coisa ao mesmo tempo que pareço maluquinha.
Ah,mas não me importa nada...fico tão feliz!
Que sensação boa,como eu gostaria de ficar assim por muito ,muito tempo...



Apoio totalmente...que porcaria de vuvuzelas que "inventaram" desta vez!

Já tenho ali uns tampões prós ouvidos,mas tenho cá um feeling que não vou utlizilá-los muitas vezes!!!

Mas,é, só mesmo um feeling...

O JP foi jogar paintball.Ou levar com umas pintas coloridas,deve ser a mesma coisa.Sei,que precisa aliviar o stress,não tem sido nada fácil os últimos tempos.
Aproveitei para levantar-me cedo e fui andar pelo passadiço.Ah,que maravilha!!Andavam por lá poucas pessoas,e a mim aquele silêncio soube tão bem,dá-me uma paz tão grande.Lá consigo carregar as baterias.
Quando vim embora,estava a começar a confusão.O estacionamento,o falar alto,a gritaria com as crianças,são situações que fujo delas.Não aguento,já basta quando não tenho outra opção.
Como vou almoçar com a mummy,nem tenho que cozinhar!Óptimo,hoje não me apetece fazer nada que tenha a ver com tachos,panelas,lavar loiça,etc.,etc.
Acho,até,que não me apetece fazer nada,mas mesmo nada.Vou ficar de papo pró ar...


Depois de uma sardinhada,qual a sobremesa que cai bem? Mesmo bem? Uma taça cheia de cerejas!!Huummm,deliciosas...
Já estou melhor da carola,só pode.A pensar em comida desta maneira.


Andava por aqui na leitura dos jornais e a cuscar a vida alheia(noutros blogues)quando me veio um pensamento á cabeça:
-Hoje apetece-me sardinhas assadas pró almoço!!
Ok,aqui na zona é o que é mais fácil arranjar(ouvi dizer que estão caras).Mas nesta altura e com o tempo um pouco chocho,as pessoas que estão de férias andam a melgar e não tenho pachorra para ouvir comentários parvos acerca de tudo e mais alguma coisa.Nem,claro está,esperar duas horas pelas benditas sardinhas...
Isto tudo para dizer,que estava com estes pensamentos,quando o télélé toca e do outro lado perguntam:
-Apetece-te sardinhas assadas pró almoço??
Ai,ai,como eu gosto desta transmissão de pensamentos...
Estou aqui a lembrar-me,e,se tentar com outras situações?
Será que também resulta?!!


Desta vez o tratamento fez-me sentir além do cansaço habitual,uma falta de paciência enorme.Nem para aturar-me a mim e muito menos aos outros.
Apetecia-me simplesmente desaparecer!!
Ontem,quando levantei-me,quis dar uma volta perto do mar,a ver se aquela sensação passava.Mas não.Não passou e ao longo do dia ia ficando mais acentuada.Haja pachorra para aguentar isto tudo.
Será que a dose desta vez foi maior??Ou o meu corpo já não estava habituado a ressacar??Estive mais uma semana sem o tratamento do que é habitual.Enfim,qualquer coisa não funcionou bem desta vez...
O feriado também não ajudou nada.Normalmente faço tratamento á quinta e tenho o dia seguinte para estar sozinha,e faço aquilo que bem entendo.Não é por mal...
Fiquei com a cabeça tão virada que até abri conta no facebook.Quem diria?? Mas nem pensar em quintas,quintinhas,peixes,oceanários.Apeteceu-me...sei lá!!Talvez curiosidade!
Hoje,isto não está muito melhor do que ontem.Já fui dar uma volta para desanuviar,mas como o tempo não está bom para a praia anda toda a gente a melgar o cérebro daqueles que trabalham.Uiii,não tenho saudades nenhumas deste tempo quando trabalhava.











O ano passado aproveitamos os dois feriados na mesma semana e fomos até Lisboa.Era vê-los a virem para o Algarve,e nós do nosso lado com a auto-estrada só para nós.Que viagem calminha sem stress.
Lá aproveitamos muito bem o tempo que tinhamos.Um dia fomos ao Oceanário,noutro ao Zoo,e ainda conseguimos passear em Belém e na zona do chiado,que pessoalmente acho linda.
O JP diz que andou mais naqueles dias,do que em seis meses cá em baixo.E,teve muita sorte porque ao fim do dia estava estourada,senão ainda dava umas voltinhas pela cidade á noite.Ah,que saudades!!!
Mas,agora tenho sempre que pensar em mim,e com tanto chuto na veia o meu corpinho cansa-se mais facilmente!

Estou farta disto tudo.Quero que acabe,não sei se aguento muito mais.Quando penso que este pesadelo vai acabar,vêm outro exame e lá vou eu outra vez lá para baixo.
Hoje foi dia de herceptin e zometa,correu bem a picadela,a enf.conseguiu logo á primeira.Menos mal.No intervalo que tenho de esperar pelo resultado das análises fui perguntar ao Dr.que estava de serviço(a minha médica está de férias)se podia ver o resultado da cintigrafia óssea.Não me disse aquilo que eu queria tanto ouvir.Ou,seja, disse-me que tinham detectado uma mancha na dorsal(podia ser resultado da radioterapia que fiz naquela zona),e na zona da anca,mas do lado direito.Quem é que percebe isto??A pet dizia que tinha uma mancha,mas no lado esquerdo!!OK,e agora??Vou fazer mais exames??Levar com mais contrastes?? Estou a ficar cansada disto tudo,e o meu corpo também...não é para menos,pois ando a fazer exames e tratamentos desde Novembro de 2007!!Preciso de férias de picadelas...e afins.
Estou naqueles dias que só apetece-me gritar,espernear,chorar e que ninguém venha para o pé de mim com conversa de m****,a dizer-me que a vida ás vezes prega-nos com cada partida.
Eu não preciso mais disto.


Senti-me esquisita ao acordar.Quando vi o tempo lá fora,percebi que estava como "ele".Demorei algum tempo a despachar-me,mas saí de casa com alguma antecedência.Marquei acunpunctura para hoje de manhã,como amanhã é dia de picadelas queria ficar relaxada.Como ninguém foi para a praia,apanhei filas de carros até chegar á cidade vizinha.Ora,até lá chegar não correu nada bem e fui "praguejando" o caminho todo.Cheguei atrasada quase meia hora.Mas,valeu a pena,consegui relaxar e saí de lá com as baterias carregadas.
A tarde foi muito bem passada:convidei a Alda para conhecer a Associação Oncológica e aproveitei para arranjar umas cobaias para experimentarem os meus bolinhos de côcô sem açucar.Elas gostaram(pelo menos disseram que sim),e eu também.
E,assim não tive muito tempo para pensar no dia seguinte.
Tento não pensar no meu exame para não sofrer por anteçipação,mas amanhã quero falar com um médico e finalmente saber o resultado.



O ano passado fui ver a peça de teatro "Rosa Esperança".A peça é representada por mulheres,todas elas tiveram com cancro da mama.
E de lá nasceu uma amizade com uma das actrizes.Conheci várias,mas com a D.Alda foi diferente e senti uma grande empatia.
Na semana passada recebi um telefonema dela,e dizia-me que estaria uns dias aqui em Portimão(descobrimos que somos vizinhas),e assim podiamos encontrar-nos.
Hoje pela manhã,lá fomos nós caminhar,apanhar um pouco de sol e pôr a conversa em dia.
Fiquei muito feliz por saber que está tudo bem com ela.Infelizmente uma Sra que também faz parte da peça teve que voltar a fazer tratamentos...nós todas sabemos que isso pode acontecer a qualquer momento.
O importante é vivermos um dia de cada vez...e sempre na esperança que os exames estejam sempre bem!!!














Ok,não foi assim tão mau!
É pena ter lá chegado stressada e foribunda...não consegui desfrutar do parque como queria.
Uma semana depois,consigo perceber que o passeio não foi em vão,mais vale tarde do que nunca,eheheheh!!!


Gostei desta varanda!!Achei boa ideia terem colocado os vasos na parede,é uma boa maneira de aproveitar espaços pequenos.O banco é que acho horroroso!Este fim de semana quero "tapar" a varanda e põr as espreguiçadeiras lá fora.O tempo está óptimo para apanhar um solzinho e actualizar a leitura.
Para puder aproveitar o sol da manhã na praia tenho que levantar-me muito cedo e nem sempre apetece-me ligar o despertador.
Espero que os vizinhos de cima não tenham a infeliz ideia de continuarem a sacudir tapetes com pêlo de cão e cócó de pássaro enquanto eu descanso!!


O Martim nasceu ontem á noite.É um bébé lindo e muito calmo.Fui vê-lo de manhã,já calculava que na hora da visita a mãmã deveria estar cansadíssima.Tinha preparado um "discurso" para puder entrar aquela hora.Não foi necessário,porque quando passei num corredor vi uma amiga que trabalha lá.Assim,foi mais fácil.Estivemos uns 10min.a ver um bébé lindo.
A mãmã que desculpe,não dar-lhe muita atenção,mas fiquei "apaixonada" pelo seu bébé!!


"Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas a amada já...
Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...
Saudade é sentir que existe o que não existe mais...
Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto da morte na boca dos que continuam
Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudades,
aquela que nunca amou.
E esse é o maior dos sofrimentos;não ter por
quem sentir saudades,passar pela vida e não viver,
O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido..."


Pablo Neruda

100medodeviver

O 100medodeviver nasceu para mostrar a todas as pessoas com cancro que não é o fim ...mas,sim o príncipio de uma nova vida,com muitas emoções á mistura.
Não estar sempre a pensar na doença e fazer "coisas"que realmente adoro, é neste momento o meu lema de vida.
Aproveitar a vida a 100%.

Hoje é um dia maravilhoso porque eu decido que assim seja

O passado é passado e não se pode mudar.Este momento presente é o único que posso experimentar

Acerca de mim

A minha foto
Tenho 35 anos,vivo um dia de cada vez,desde outubro de 2007 quando foi me diagnosticado cancro da mama,mas eu quero vencer esta luta!!

Tudo o que somos é resultado do que pensamos.

eu tambem luto...

srborralho@hotmail.com

Obrigada Lina

Oferta da amiga Natália

Oferta da amiga Ana Camões

A minha menina

Seguidores


"Fomos feitos para sermos diferentes,portanto,não se culpe.Aceite e aprove o que você é."Louise L.Hay

As pétalas da flor de lótus abrem-se para o sol,como a nossa alma abre-se para a energia divina.

"Seja a mudança que você quer ver no mundo". Dalai Lama

"Aquele que nunca viu a tristeza,nunca reconhecerá a alegria."Khalil gibran

"A vida não exige das pessoas o que elas ainda não têm condições de dar."Zibia Gasparetto

"O rio atinge os seus objectivos,porque aprendeu a contornar obstáculos."

"Tudo o que somos é resultado do que pensamos."Buda

"A morte é a mudança completa de casa,sem mudança essencial da pessoa."Chico Xavier

"Não existe um caminho para a felicidade.A felicidade é o caminho"Mahatma Gandhi

"O que conduz o mundo é o espírito e não a inteligência".Antoine de Saint Exupery

No yoga,casa asana é um modo de estar para chegar a um modo de ser.

"O silêncio é a mãe da verdade."

A minha Lista de blogues


As imagens aqui publicadas são retiradas da net